Floresta em realidade virtual alerta para mudanças climáticas

Enquanto alguns dos efeitos das mudanças climáticas e da ação humana sobre o meio-ambiente são visíveis, como os incêndios recentes na Califórnia e Austrália, outros são pouco evidentes para quem não se atenta muito à questão. Para chamar a atenção e (tentar) engajar a população sobre o tema, cientistas da Universidade Penn State, no estado da Pensilvânia, nos EUA, criaram uma floresta em realidade virtual para simular o futuro das árvores em um mundo afetado pelo fenômeno.

Criada como parte da National Science Foundation em parceria com uma tribo nativa originária da Pensilvânia, a experiência tecnológica simula uma floresta do estado de Wisconsin e permite que o usuário “caminhe” pelo cenário e explore diferentes modelos climáticos, mostrando, assim, os efeitos sobre o crescimento das árvores e vegetações. Para ficar ainda mais incrível, ainda dá para observar a floresta pelo ponto de vista de um PÁSSARO ou nas mais variadas elevações. Louco, né?

A ideia dos desenvolvedores do projeto imersivo é ajudar as pessoas a entenderem o impacto que as mudanças climáticas poderão ter sobre as florestas no futuro, e alertar para ações e esforços diversos que ainda são capazes de alterar este triste processo. A projeção do local em 2050 busca levar conscientização sobre as escolhas de hoje que refletem no amanhã do planeta, além de ajudar em estudos políticos e ambientais.

O modelo ainda retrata como catástrofes causadas pelas mudanças climáticas como tornados, queimadas e inundações, podem impactar no ecossistema das florestas. Apresentando um “antes e depois”, a tecnologia apresenta quais árvores sobreviveram e quais foram extintas em um cenário virtual daqui a 29 anos.

Clique AQUI para dar um check no vídeo promocional da iniciativa e fala pra gente se não dá vontade?

https://bit.ly/39mTb5j

#IntoTheOutdoors

 

×

Olá

Clique no nome do atendente para tirar suas dúvidas ou envie um email para:  [email protected]

×