Cometa verde poderá ser visto a olho nu (e de dentro de casa)

Atenção amantes do Espaço, curiosos e entediados de plantão: temos um programa irado pra você fazer sem sair de casa. Nas próximas noites, até o mês de junho, o cometa verde Swan e sua cauda com mais de 17 milhões de quilômetros poderão ser vistos a olho nu!!! Segundo astrônomos, a bola de gelo está ficando cada vez mais brilhante ao se aproximar do Sol e deve ser melhor observado no hemisfério sul do planeta.

O cometa foi descoberto em 27/3, a cerca de 85 milhões de quilômetros da Terra, por um telescópio operado pela Nasa e pela Agência Espacial Europeia, que monitora os ventos solares e está localizado na Austrália. O momento de observação do corpo celeste não só é perfeito, como pode ser o último, já que ele pode ser destruído pelo calor solar muito em breve.

José Eduardo Fonseca, diretor dos planetários do Ibirapuera e do Parque do Carmo, em SP, garante que o melhor horário para fazer o avistamento a olho nu é durante a madrugada, pouco antes do nascer do sol. O ideal, segundo ele, é estar em um local bem escuro, porque há pouca luminosidade em volta do astro. Para aumentar as chances de ver a passagem do cometa com clareza, faça o uso de binóculos ou um pequeno telescópio. Atualmente, o Swan tem magnitude de 5,4, o que não o deixa muito visível. Até o fim de mao, porém, ele deve chegar a magnitude 3 – quanto menor o número na escala, mais brilhante o objeto, se tornando mais visível para nós, do planeta Terra!

O cometa, que é uma bola feita de gelo e poeira com tonalidades verdes, passa pela parte interna do Sistema Solar uma vez a cada 11.597 anos, e se torna mais visível à medida em que perde matéria e se aquece em direção ao Sol, refletindo luz. Anota aí na agenda: o melhor dia para observá-lo, é na madrugada do dia 27/5, quando se aproxima ao máximo do Astro Rei. O Swan, porém, deve continuar à vista até junho.

E aí, bora separar o combo coberta + café quentinhos + sua companhia da quarentena e olhar para o céu nas próximas noites para ver o fenômeno? Cola ali na sacada, na laje ou em qualquer janela e não mosca. Dá para ter uma experiência outdoor dentro de casa, sim, basta querer. #IntoTheIndoors

Fonte: https://gooutside.com.br

×

Olá

Clique no nome do atendente para tirar suas dúvidas ou envie um email para:  [email protected]

×