CIÊNCIA DESCOBRE MEIO INUSITADO DE FAZER O CÉREBRO FELIZ

Praticar esportes, regular o sono, se alimentar melhor, tomar remédios controlados. Todos essas ações são recomendadas em quadros de depressão. Mas, se sujar de terra? Aparentemente isso também pode ajudar a despertar a sensação de felicidade e aumentar o nível de bem-estar. Pelo menos é o que indicam estudos realizados com o micróbio vaccae, encontrado em solos saudáveis. Não tá entendendo nada? Segue a linha de raciocínio aqui com a gente, então.

Pesquisadores analisaram a reação de pacientes com câncer a estes micróbios e descobriram que os níveis de estresse caíram consideravelmente entre aqueles que tiveram contato com os microorganismos. Outros estudos estão sendo feitos para analisar a possível melhoria na qualidade de vida de pacientes com doenças inflamatórias, como artrite.

Os cientistas também realizaram testes em dois grupos de ratos: um teve contato com o micróbio e outro não. As capacidades cognitivas e de concentração aumentaram no grupo de roedores em contato com o vaccae, além de também apresentarem redução nos níveis de estresse. Os resultados positivos foram notados ao longo de três semanas. Rápido assim, pois é!

O micróbio demonstrou ter efeitos similares aos de remédios antidepressivos, como o Prozac, mas sem os efeitos colaterais deles. Incrível, né? A explicação por trás disso é que os microorganismos elevam os níveis de ocitocina no organismo, o que aumenta a produção de serotonina, a molécula da felicidade – o baixo índice dela, por outro lado, é associado a quadros depressivos, ansiedade, distúrbio bipolar e transtorno obsessivo compulsivo (o TOC).

O vaccae pode ser encontrado em solos saudáveis, livres de poluentes, e quando as pessoas entram em contato com esta terra, a produção de serotonina é estimulada, gerando, assim, aquela boa e velha sensação de felicidade e relaxamento que a gente experimenta depois de uma session de surf, skate, bike, caiaque, trilha, enfim… você entendeu qual é a q u e l a sensação.

O contato com os microorganismos acontece via aérea e, por vezes, por pequenos cortes que dão acesso ao sistema sanguíneo. Além de não ter efeitos colaterais negativos, o hábito de plantar e cultivar plantas pode ajudar também no desenvolvimento de hábitos alimentares mais saudáveis. Confere, mães e pais de plantas?

Resumindo, o que jardineiros e agricultores vêm dizendo há décadas, agora é comprovado pela ciência. Sentir que seu jardim ou fazenda é seu lugar feliz não é por acaso e nunca fez tanto sentido! Nossa sugestão é que você literalmente se jogue na experiência de ter mais contato com terras saudáveis – se ainda não o faz. Que tal comprar uma plantinha pra sua casa como um pontapé inicial? Sua saúde, organismo e até sua casa agradecem e muito! #IntoTheOutdoors

 

Fonte: https://ciclovivo.com.br/

×

Olá

Clique no nome do atendente para tirar suas dúvidas ou envie um email para:  [email protected]

×