De volta à estrada: confira lista de países abertos para brasileiros e exigências

Se a gente já tá voltando a sentir o vento no rosto daquele jeito que só quem tá pegando a estrada para um destino diferente sabe, tá na hora de se preparar para o frio na barriga da decolagem do avião! Recentemente, diversos países abriram as fronteiras para que turistas brasileiros e de outras partes do mundo totalmente imunizados contra a Covid-19 possam viajar e visitar. 

Então, se você estava pensando em planejar as próximas férias ou bate-volta, saiba que a lista de destinos internacionais que podemos considerar como turistas brasileiros já chega a 100 países. Vale ressaltar que antes de reservar sua viagem é importante confirmar as informações atuais nos sites governamentais, já que as mudanças podem ocorrer a qualquer momento.

Confira abaixo os países abertos para brasileiros (divididos por continentes) e as exigências para entrada em seus territórios.

Europa

1. Albânia
País não requer visto para brasileiros, mas exige apresentação dos seguintes documentos:
– certificado de vacinação completa há pelo menos 14 dias antes da chegada;
– teste de antígeno feito no máximo 48 horas antes da chegada
– RT-PCR até 72 horas antes da chegada;
– certificado de recuperação de Covid-19 há, no máximo, 6 meses antes da chegada.

2. Alemanha
País retira obrigatoriedade de quarentena para entrada de brasileiros que estão completamente vacinados com Pfizer, Moderna, AstraZeneca e Janssen e até dos que ainda não têm a imunização completa. A única exigência é apresentar um teste negativo realizado, no máximo, 72 horas antes da viagem. Crianças com menos de 12 anos que ainda não foram vacinadas podem entrar acompanhadas dos pai ou responsáveis vacinados.

3. Armênia
País reabriu as fronteiras para brasileiros em 14/08, porém suspendeu a emissão do visto na chegada. Exigências:
– teste RT-PCR negativo (em inglês, armênio ou russo) feito no máximo 72 horas antes da chegada;
– certificado de vacinação completa há pelo menos 14 dias antes da chegada (neste caso, o passageiro terá que pagar por um PCR na chegada, seguido de quarentena até o resultado).

4. Bélgica
Brasileiros devem estar completamente vacinados há pelo menos 14 dias com os imunizantes Pfizer, Moderna, AstraZeneca ou Janssen. Menores de 18 anos, acompanhados do responsável vacinado, estão isentos de apresentar o comprovante de vacinação, mas devem apresentar exame RT-PCR negativo feito até 72 horas antes da chegada. É preciso preencher o formulário Public Health Passenger Locator Form e submetê-lo via online 48 horas antes da chegada no país.

5. Croácia
As exigências do país se resumem a:
– apresentar resultado negativo do teste RT-PCR feito até 72 horas antes da chegada OU antígeno realizado até 48 horas antes da chegada
– preencher os formulários locais – Enter Croatia Form, online, e Passenger Locator Form, a ser apresentado na chegada.

6. Espanha
O país, que abriu as fronteiras para brasileiros no fim de agosto, tem o seguinte esquema de chegada:
– passageiros 100% imunizados com as vacinas Pfizer, Moderna, Janssen, AstraZeneca, Sinovac ou Coronavac/ Butantã não precisam apresentar o teste PCR ou fazer quarentena;
– segunda dose ou dose única deve ter sido aplicada pelo menos 14 dias antes do embarque
– obrigatório preencher o formulário Spain Travel Health e apresentar o QR Code no embarque e na chegada ao país.

7. Estônia
As exigências para entrada no país são:
– estar totalmente imunizado com as vacinas Pfizer há 7 dias; AstraZeneca há 15 dias; ou Moderna ou Janssen há 14 dias sem exame PCR ou quarentena;
– a Coronavac também é aceita, embora o intervalo entre a segunda dose e a viagem não esteja especificado;
– preencher o formulário Travellers Questionnaire.

8. Finlândia
O país passou a aceitar novamente a entrada de brasileiros ainda em julho, com as seguintes especificações:

– apresentar certificado de vacinação completa das vacinas Pfizer, Moderna, AstraZeneca, Janssen, Sinopharm, Covishield ou Coronavac;
– a última dose (ou única, no caso da Janssen) deve ter sido aplicada há pelo menos 14 dias antes da chegada no país;
– o certificado de vacinação deverá constar nome, sobrenome, data de nascimento, nome da vacina, data de vacinação, e confirmação de autenticidade (assinatura, carimbo ou outro tipo de comprovação).

9. França
O país só aceita, até o momento, brasileiros que estejam totalmente imunizados. Segue as especificações:
– apresentar comprovante de vacinação completo ou ter recebido a segunda dose das vacinas AstraZeneca, Pfizer, Covishield ou Moderna no mínimo 7 dias antes da chegada, ou a dose única da Jenssen há, pelo menos, 28 dias.

10. Holanda
Por enquanto, o país exige quarentena de 10 dias para os brasileiros na chegada, PORÉM, a medida será extinta a partir de 22/10. Se puder, espere para ir depois, assim, você economiza uma grana e não perde tempo. Agora vamos às atuais exigências:

– apresentar o comprovante de vacinação dos imunizantes Pfizer, AstraZeneca, Janssen e Coronavac, sendo a última dose aplicada há, no mínimo, 14 dias antes da chegada;

– apresentar teste RT-PCR negativo, feito até 48 horas do embarque ou de antígeno negativo até 24 horas antes do embarque para todos os passageiros a partir de 12 anos;

– preencher declaração de saúde.

11. Irlanda
O país exige:
– apresentar teste RT-PCR negativo feito até 72 horas antes da chegada OU certificado de vacinação completa dos imunizantes Pfizer, Moderna, Janssen ou AstraZeneca;

– recuperados da Covid-19 nos últimos 180 dias devem apresentar laudo médico
– preencher formulário Passenger Locator Form.

12. Islândia

Entre as exigências impostas, a quarentena de 10 dias aos turistas brasileiros segue em vigor. Confira as demais imposições:
– apresentar RT-PCR negativo em dinamarquês, inglês, islandês, norueguês ou sueco, realizado até 72 horas antes do embarque (não se aplica a menores de 16 anos);

– apresentar comprovante de vacinação completa, sendo a última dose em, pelo menos, 14 dias antes da chegada, em dinamarquês, inglês, islandês, norueguês ou sueco;

– preencher o formulário Preregistration for visiting Iceland antes da chegada.

  1. Liechtenstein

O pequeno país segue as mesmas regras da Suíça (ainda vamos chegar lá, desce mais um pouquinho!), portanto, está liberado para brasileiros vacinados. As exigências para entrada são:
– estar totalmente imunizado há no máximo 12 meses com vacinas Pfizer, Moderna, Janssen, AstraZeneca, Sinovac e Coronavac/Butantã (neste caso, não é necessário apresentar RT-PCR ou fazer quarentena);
– passageiros recuperados da Covid-19 há até quatro semanas devem apresentar teste positivo como prova e podem entrar com apenas a primeira dose de uma das vacinas listadas;

– apresentação de formulário com informações de contato e local de hospedagem.

14. Portugal

O país reabriu no mês passado para turistas brasileiros, mesmo os não vacinados, mas ainda tem algumas exigências:
– apresentar teste RT-PCR realizado até 72 horas antes do embarque ou de antígeno até 48 horas antes do embarque;
– testes rápidos só são aceitos os que estão listados e aprovados pelo Comitê de Segurança da Saúde da União Europeia, devendo ter no comprovante nome completo do passageiro, tipo e nome do teste, fabricante, data, hora e local do exame, resultado do teste, nome do laboratório e número de autenticação;

– preencher o formulário Passenger Locator Card (PLCe).


  1. Reino Unido
    A permissão da entrada de brasileiros entrou em vigor na última semana, no dia 11/10, apenas para turistas que já tomaram as duas doses de AstraZeneca ou Pfizer, ou a dose única da Janssen há mais de 14 dias, sendo obrigatório:
    – apresentar certificado de vacinação para não precisar fazer quarentena;
    – pessoas sem a vacinação completa (incluindo vacinados com doses da Coronavac, que ainda não é aceita) devem fazer quarentena de 10 dias;
    – preencher formulário local antes do embarque;
    – agendar teste RT-PCR para ser feito dois dias após a chegada no país.

    16. República Tcheca
    País abriu as portas, ou melhor, as fronteiras, para brasileiros no primeiro dia de setembro, com as seguintes condições:
    – turistas devem estar completamente vacinados com doses das vacinas Pfizer, Moderna, AstraZeneca ou Janssen;
    – apresentar certificado de vacinação em inglês;
    – preencher o formulário Entry Form antes da chegada.

    17. Romênia:
    Por enquanto, o país só permite a entrada de brasileiros que estejam totalmente vacinados, ainda com exigências como:
    – apresentar o certificado de vacinação completa há pelo menos 14 dias para vacinas Pfizer, Moderna, AstraZeneca, Covishield ou Janssen;
    – menores de 3 a 16 anos devem apresentar teste RT-PCR negativo, feito há no máximo 62 horas antes da chegada.

    18. Sérvia
    Brasileiros podem visitar o país sem visto, porém devem seguir algumas condições na entrada:
    – apresentar teste Rt-PCR ou teste rápido de antígenos com resultado negativo, feito até 48 horas da chegada;
    – recuperados da Covid-19 há, no mínimo, 14 dias, e no máximo 180 dias, devem apresentar laudo médico, e estarão sujeitos a quarentena de 10 dias na chegada e realização de novo teste.

    19. Suíça
    O país tem como exigências para os brasileiros:
    – estar totalmente imunizados há no máximo 12 meses com as vacinas Pfizer, Moderna, Janssen, AstraZeneca, Sinovac e Coronavac/Butantã – não é necessário apresentar teste RT-PCR ou fazer quarentena;
    – viajantes que receberam a dose única da Janssen devem aguardar o 22º dia após a aplicação para o embarque;
    – pessoas recuperadas da Covid-19 há até quatro semanas (com teste positivo para provar), podem entrar com apenas a primeira dose de uma das vacinas listadas;
    – preencher formulário com informações de contato e local de hospedagem na chegada.

    20. Ucrânia
    Brasileiros estão submetidos às seguintes condições para entrar no país:
    – apresentar teste RT-PCR com resultado negativo feito até 72 horas antes da chegada ou certificado de vacinação total com as vacinas Pfizer, AstraZeneca, Janssen, Moderna, Sinopharm ou Sinovoac;
    – seguro saúde com cobertura para Covid-19.


    Américas

    1. Argentina
    País passou a permitir a entrada de turistas brasileiros no início deste mês, em 01/10, com as seguintes exigências:
    – apresentar teste RT-PCR negativo, feito até 72 horas antes do embarque;
    – apresentar certificado de vacinação completa há pelo menos 14 dias antes da chegada;
    – preencher o formulário Declaracion Jurada Eletronica para el ingreso al Territorio Nacional;
    – ter seguro saúde com cobertura para Covid-19;
    – fazer teste de antígeno na chegada e refazer PCR do 5º ao 7º dia após a chegada no país;
    – entrada só é permitida se turistas estiverem vindo do Brasil, Bolívia, Chile, Paraguai ou Uruguai nos 14 dias antes da viagem.

    2. Aruba
    Os brasileiros estão sujeitos a um novo teste RT-PCR na chegada ao país. Além disso, as exigências vigentes são:
    – apresentar teste HDA, NEAR, RT-LAMP, RT-PCR ou TMA negativo para Covid-19 realizado até 72 horas antes do embarque ou um teste na chegada pré-pago;
    – preencher e enviar os formulários Health Assessment e ED Card até 72 horas antes do embarque, o que vai gerar uma autorização de viagem para ser apresentada no check-in;
    – baixar e instalar o aplicativo Aruba Health App;
    – ter seguro saúde com cobertura para Covid-19.

    3. Bahamas
    O país exige:
    – apresentar teste NAAR, PCR, RNA RT-PCR ou TMART-PCR negativo para Covid-19 emitido até cinco dias antes da chegada;
    – passageiros que apresentarem comprovante de vacinação dos imunizantes Pfizer, AstraZeneca, Janssen ou Moderna, com a segunda dose tendo sido tomada há pelo menos 14 dias, não precisam apresentar teste negativo;
    – resultado do teste deve ser enviado junto com o formulário Bahamas Health Visa Card preenchido, além de ser apresentado impresso na chegada.

    4. Barbados
    Embora o país esteja aberto para brasileiros, a isenção de visto foi suspensa. Agora, é necessário fazer o processo antes da viagem e estar atento às condições de entrada:
    – apresentar teste RT-PCR negativo para Covid-19, em inglês, feito até 72 horas antes da chegada;
    – preencher o formulário Immigration/Customs Form e apresentar no desembarque;
    – passageiros estão sujeitos a novo teste PCR na entrada, seguido por uma quarentena.

    5. Belize
    As exigências do país se resumem a:
    – apresentar teste RT-PCR negativo, feito até 96 horas antes da viagem, ou teste rápido de antígeno, realizado até 48 horas antes do primeiro embarque da jornada;
    – passageiros totalmente vacinados há pelo menos 14 dias da chegada com os imunizantes AstraZeneca, Janssen, Moderna, Pfizer, Sinopharm ou Sinovac estão isentos de apresentar o teste;
    – baixar o app Belize Health Travel e gerar um QR Code para apresentar na chegada;
    – só serão aceitas reservas em hotéis pré-selecionados.

    6. Bermudas
    País está aberto para brasileiros desde julho de 2020. Atualmente, exige:
    – apresentar teste RT-PCR negativo para Covid-19 feito até quatro dias antes da chegada,
    – quarentena obrigatória de 14 dias em hotel aprovado pelo governo para viajantes que ainda não estão totalmente vacinados com AstraZeneca, Janssen, Moderna ou Pfizer;
    – preencher formulário de autorização de viagem e pagar taxa de US$ 75.

    7. Bolívia
    O país fechou as fronteiras terrestres com o Brasil para conter a variante P1, porém voos seguem sendo autorizados, mediante as seguintes exigências:
    – apresentar teste RT-PCR negativo para Covid-19 feito até 72 horas antes do primeiro voo da jornada;
    – preencher formulário Declararion Jurada del Viajero para el Seguimiento COVID-19 e apresentar na chegada;
    – ter seguro saúde com cobertura para Covid-19
    – passageiros estão sujeitos a quarentena de 10 dias na chegada.

    8. Canadá
    O país reabriu as fronteiras para brasileiros vacinados no dia 07/09/21, sob as seguintes condições:
    – apresentar teste RT-PCR negativo para Covid-19, em inglês ou francês, feito até 72 hoas antes do embarque;
    – certificado de vacinação completa, em inglês ou francês, dos imunizantes Pfizer, Moderna, Janssen ou AstraZeneca, tendo sido aplicadas há pelo menos 14 dias antes do embarque;
    – subir informações pessoais no app ou site da ArriveCAN até 72 horas antes da chegada no país e apresentar comprovante de envio para poder embarcar.

    9. Colômbia
    O país deixou de exigir o exame RT-PCR para viajantes. Agora, só é preciso preencher o formulário Check Mig até 24 horas antes da chegada.

    10. Costa Rica
    O país está aberto para viajantes brasileiros desde o dia 1º/11/20, mas ainda exige:
    – preencher o formulário Pase de Salud antes da partida e apresentar o QR Code recebido quando chegar ao país;
    – seguro saúde com cobertura para Covid-19 – dispensável para pessoas totalmente imunizadas há pelo menos 14 dias.

    11. Cuba
    País reabriu para visitantes internacionais em 15/11/20 e foi o primeiro do mundo a oferecer vacina contra a Covid-19 para turistas estrangeiros. As exigências para entrar são:
    – apresentar resultado negativo de teste RT-PCR, feito até 72 horas antes da chegada;
    – preencher formulário Declaración de Sanidad del Viajero;
    – pagar taxa sanitária de US$ 30 na chegada.

    12. Curaçao
    As condições de entrada no país são:
    – apresentar teste negativo de RT-PCR, feito até 72 horas antes do primeiro embarque da jornada ou teste de antígenos, realizado 24 horas antes do embarque;
    – preencher os formulários Digital Immigration Card e Public Health Locator Card até 48 horas antes do embarque;
    – seguro saúde com cobertura para Covid-19.

    13. Equador
    O país exige as seguintes medidas para turistas brasileiros:
    – apresentar teste RT-PCR com resultado negativo ou de antígenos feitos até 72 horas antes do embarque ou certificado de vacinação completa, tendo sido a última dose tomada há mais de 14 dias, ou, ainda, certificado de recuperação de Covid-19 assinado por um médico;
    – preencher o formulário Declaración de Salud del Viajero;
    – passageiros estão sujeitos a teste rápido na chegada e quarentena de 10 dias, às suas custas.

    14. México
    País é um dos poucos no mundo que não exige exame prévio para a chegada, mas ainda pede que o formulário Cuestionario de Identificación de Factores de Riesgo en Viajeros seja preenchido e apresentado na chegada.

    15. Panamá
    O país exige que turistas que venham do Brasil façam os seguintes procedimentos ao chegar no país:
    – apresentar teste RT-PCR ou de antígeno com resultado negativo, em inglês ou espanhol, realizados até 72 horas antes do desembarque – medida é dispensada para passageiros totalmente imunizados há, pelo menos, 14 dias;
    – preencher o formulário Declaracion Jurada de Salud na chegada;
    – fazer novo teste para Covid-19 na chegada, às custas do próprio viajante.

    16. Paraguai
    País reabriu para brasileiros em 07/04/21, mas ainda exige quarentena de cinco dias ao chegar no país, além das seguintes medidas:
    – apresentar teste LAM, NAAT ou PT-PCR negativos, feitos até 72 horas antes do embarque, ou teste de antígeno com resultado negativo, feito 24 horas antes do embarque;
    – passageiros com teste positivo para Covid-19 há pelo menos 14 dias e não mais que 90 dias, estão isentos de apresentar os testes acima;
    – preencher o formulário “Traveler’s Health Information até 24 horas antes do embarque para gerar QR Code a ser apresentado na chegada;
    – passageiros que tenham estado ou transitado no Reino Unido nos últimos 14 dias não podem entrar.

    17. Peru
    País só pede que pessoas vindo do Brasil apresentem teste RT-PCR negativo, feito 72 horas antes do embarque e preencham o formulário Affidavit of Health and Geolocation Authorization nas 72 horas antes do embarque.

    18. República Dominicana
    Destino caribenho reabriu para turistas internacionais em julho de 2020 e ainda exige:
    – apresentar teste RT-PCR com resultado negativo, feito 72 horas antes da chegada ou certificado de vacinação completa há pelo menos 21 dias antes da chegada;
    – preencher o formulário Eletronic Ticket, que vai gerar um QR Code a ser apresentado no desembarque.

    Obs.: a entrada de brasileiros diretamente nos EUA está prevista para ser liberada no mês que vem, requerendo certificado de vacinação completa e teste negativo para Covid-19.


    Ásia e Oriente Médio

    1. Camboja
    País suspendeu os vistos e e-visas na chegada, mas adotou novos requisitos de entrada:
    – apresentar teste RT-PCR negativo, em inglês, feito até 72 horas antes do primeiro embarque;
    – seguro saúde emitido pela seguradora FORTE de pelo menos US$ 50 mil;
    – depósito de US$ 2 mil caso seja necessário tratamento médico e outras taxas extras;
    – cumprir quarentena de 14 dias ao desembarcar no país e realizar novo teste RT-PCR no fim – pessoas completamente vacinadas têm a quarentena reduzida para 7 dias;
    – passageiros estão sujeitos a novo teste na chegada.

    2. Catar
    O país ainda não tem regras relativas ao stop-over (parada), mas as exigências para desembarque de turistas no país são:
    – estar totalmente vacinado há pelo menos 14 dias com as vacinas Pfizer, Moderna, AstraZeneca ou Janssen;
    – passageiros vacinados com Sinopharm ou Coronavac são aceitos, mas devem realizar teste adicional de antígeno 24 horas antes do embarque;
    – o certificado de vacinação deverá ter um QR Code, nome igual ao passaporte, data das vacinações, nome da vacina, número do lote e  selo oficial da autoridade que vacinou, e tem validade de 12 meses após a segunda dose/ dose única;
    – apresentar teste RT-PCR negativo, feito 72 horas antes do embarque;
    – realizar novo teste RT-PCR na chegada;
    – se registrar no aplicativo Ehteraz três dias antes da chegada para enviar os comprovantes de imunização e obter autorização de viagem a ser apresentada no desembarque no país.

    3. Emirados Árabes Unidos
    Cada emirado tem suas próprias regras. Passageiros que saem de Dubai em direção a Abu Dhabi, por exemplo, devem fazer um novo teste. As exigências gerais são:
    – apresentar teste RT-PCR negativo, em árabe ou inglês, feito em laboratório aprovado, até 72 horas antes do embarque do último voo direto para os Emirados;
    – baixar e criar uma conta no aplicativo DXB Smart;
    – apresentar seguro saúde com cobertura para Covid-19;
    – fazer novo teste na chegada a Dubai;
    – passageiros que tenham estado ou transitado em Afeganistão, África do Sul, Bangladesh, Congo, Índia, Indonésia, Libéria, Namíbia, Nepal, Nigéria, Paquistão, Serra Leoa, Sri Lanka, Uganda, Vietnã ou Zâmbia nos últimos 14 dias não serão admitidos.

    4. Jordânia
    As exigências do país são:
    – apresentar teste RT-PCR negativo, feito até 72 horas antes do primeiro embarque;
    – preencher os formulários Passenger Health Declaration Form e Locator Form;
    – ter seguro saúde com cobertura para Covid-19;
    – baixar o aplicativo AMAN no celular;
    – passar por mais um teste RT-PCR na chegada, com pagamento feito antes da viagem;
    – passageiros que tenham passado nos últimos 45 dias pela Índia, ou os últimos 14 dias em Balngaladesh, Butão, Nepal, Mianmar, Paquistão ou Sri Lanka não podem entrar.

    5. Líbano
    Turistas brasileiros devem seguir as seguintes exigências para entrar no país:
    – apresentar teste RT-PCR negativo, feito até 96 horas da chegada – passageiros totalmente vacinados há pelo menos 15 dias ou com laudo médico atestando recuperação da Covid-19 há, no máximo, 90 dias, estão isentos;
    – realizar novo teste RT-PCR na chegada;
    – preencher o formulário Airport Tracking Registration Form e apresentar impresso na chegada;
    – baixar o aplicativo covidlebtrack.

    6. Maldivas
    País voltou a exigir o visto na chegada, além de outras condições:
    – apresentar teste RT-PCR negativo, feito até 96 horas antes do primeiro embarque da viagem;
    – passageiros com viagens que demoraram mais de 24 horas devem repetir o teste na chegada;
    – ter reserva de hotel para toda a estadia no país;
    – preencher o formulário Traveller Health Declaration nas 24 horas que antecedem o embarque.

    7. Sri Lanka
    País exige:
    – apresentar teste RT-PCR negativo, em inglês, feito até 72 horas antes do primeiro embarque da viagem;
    – preencher formulário Health Declaration Form para apresentar na chegada;
    – passageiros totalmente vacinados estão isentos de cumprir a quarentena de 14 dias, mas a vacinação deve estar completa há pelo menos 14 dias.


    África

    1. África do Sul
    O país só exige a apresentação de teste RT-PCR negativo, em inglês, feito até 72 horas antes do primeiro embarque da viagem e preencher o formulário Traveller Health Questionnaire na chegada.

    2. Egito
    As exigências do país são:
    – apresentar certificado de vacinação completa há pelo menos 14 dias, com os imunizantes AstraZeneca, Janssen, Moderna, Pfizer, Sinopharm, Sinovac ou Sputnik V, com certificado em árabe, francês ou inglês
    – teste RT-PCR negativo impresso, em um dos mesmos idiomas, feito até 96 horas antes do embarque do último voo para o país, com selo do laboratório ou QR Code;
    – certificado do teste PCR deve conter as seguintes informações: nome completo do passageiro; número do passaporte; data e hora em que a amostra foi colhida; detalhes do tipo de amostra colhida para o cotonete e carimbo ou um código QR no certificado de teste;
    – preencher formulário de declaração de saúde que será fornecido a bordo do avião;
    – passageiros estão sujeitos a novo  teste na chegada.

    3. Etiópia
    Apresentar teste RT-PCR com resultado negativo realizado até 120h antes da chegada.

    4. Marrocos
    País exige que viajantes não vacinados realizem quarentena de 10 dias em hotel aprovado pelo governo, além das seguintes condições na chegada ao país:
    – apresentar teste RT-PCR com resultado negativo, em árabe, francês ou inglês, realizado até 48h antes do primeiro embarque da jornada;
    – passageiros totalmente vacinados há pelo menos 14 dias com as vacinas AstraZeneca, Covishield, Janssen, Moderna, Pfizer, Sinopharm, Sinovac e Sputnik não precisam apresentar o teste RT-PCR;
    – preencher os formulários Sworn Statement e Public Health Passenger Form.

    5. Namíbia
    As exigências para entrada no país são:
    – apresentar teste RT-PCR com resultado negativo realizado até 72h antes da chegada;
    – preencher o formulário Travel Health Questionnaire;
    – ter seguro viagem com cobertura para Covid-19.

    6. Quênia
    Os passageiros estão sujeitos a exame médico na chegada, junto às demais exigências:
    – apresentar teste RT-PCR negativo, em inglês, realizado até 96 horas antes do primeiro embarque da viagem;
    – preencher o formulário online Travelers Health Surveillance Form, que irá gerar um QR Code a ser apresentado na chegada.

    7. Tanzânia
    Viajantes brasileiros estão sujeitos a teste de antígeno na chegada, às suas custas. O país também tem as seguintes condições de entrada:
    – apresentar teste RT-PCR com resultado negativo, realizado até 96 horas antes do primeiro embarque da jornada da chegada;
    – preencher o formulário Traveler’s Surveillance Form.

    8. Tunísia
    Atualmente, o país exige:
    – apresentar teste RT-PCR negativo e QR Code em árabe, francês ou inglês, realizado até 72 horas antes do primeiro embarque da jornada;
    – preencher o formulário Health Declaration antes da partida poara gerar QR Code a ser apresentado na chegada;
    – passageiros estão sujeitos a novo teste de Covid-19 na chegada e quarentena em hotel designado por sete dias – recuperados há pelo menos 6 semanas, com laudo médico ou certificado de vacinação, estão isentos.

    9. Zâmbia
    A emissão de visto na chegada está temporariamente suspensa, sendo necessário obter antecipadamente a autorização eletrônica de entrada no país, ou visto na representação consular. Além disso, as exigências no desembarque são:
    – apresentar teste RT-PCR negativo, feito até 72 horas antes do primeiro embarque da jornada;
    – preencher o formulário Traveler Health Questionnaire para apresentar na chegada;
    – passageiros estão sujeitos a novo teste de Covid-19 na chegada e também quarentena – não aplicável para quem está totalmente imunizado.

    10. Zimbábue
    O país só exige a apresentação de teste RT-PCR negativo, feito até 48 horas antes do primeiro embarque da viagem.

Oceania

1. Fiji
O país exige apresentação do certificado de vacinação completa há pelo menos 14 dias e teste RT-PCR com resultado negativo, feito até 72h antes do embarque.

2. Polinésia Francesa
Para entrar no país, é obrigatório:
– apresentar teste RT-PCR negativo, feito até 72 horas antes da viagem ou teste antígeno, realizado 48 horas do primeiro embarque da rota;
– apresentar autorização prévia de viagem;
– preencher o formulário ETIS Application entre 30 e 6 dias antes da viagem, gerando um QR Code que deve ser apresentado na chegada;
– preencher uma declaração juramentada;
– passageiros estão sujeitos a novo teste de antígeno na chegada e à quarentena de 10 dias – pessoas totalmente imunizadas com AstraZeneca, Janssen, Moderna ou Pfizer, há pelo menos 14 dias, estão isentos.


Os dados desta New foram atualizados no dia 19/10. Vale lembrar que o cenário do turismo ainda está instável e mudando dia após dia, portanto, se você planeja ir para algum destes destinos, vale fazer uma pesquisa aprofundada das exigências para entrada, nos próprios sites governamentais, ok? Agora partiu voltar a fazer planos, [email protected]! Viva a vida outdoors, mas sempre com responsabilidade e bom senso, hein. #IntoTheOutdoors

Project e Cookies: a gente usa cookies para personalizar anúncios e melhorar a sua experiência no site. Ao continuar navegando, você concorda com a nossa Política de Privacidade.
×

Olá

Clique no nome do atendente para tirar suas dúvidas ou envie um email para:  [email protected]

×