Estudo confirma: exercício físico traz mais felicidade do que dinheiro

Dinheiro pode até trazer felicidade para algumas pessoas, mas a ciência logo avisa: exercício físico traz mais! Um novo estudo realizado pelas universidades de Oxford e Yale, indicou que pessoas fisicamente ativas têm uma sensação de bem-estar superior do que as sedentárias. Ok, vamos culpar a endorfina até aí. Mas, a novidade mesmo é que a prática de atividades faz as pessoas se sentirem tão bem quanto aquelas inativas que ganham cerca de R$ 95 mil por ano.

A pesquisa coletou dados de mais de 1,2 milhões de norte-americanos. Para chegar a essa conclusão, eles perguntaram quantas vezes os entrevistados se sentiram mentalmente mal nos últimos 30 dias, considerando estados de estresses, depressão ou problemas emocionais. (Faça essa reflexão você aí também!) Além disso, o grupo ainda falou sobre hábitos de exercícios e pode escolher entre 75 atividades física, que iam desde cortar a grama até o ciclismo. E é aí que a coisa quase surpreendeu (quase, porque quem é aventureiro sabe que não tem sensação de preenchimento e felicidade maior do que praticar aquele esporte em meio a natureza).

Os resultados indicaram que pessoas que se exercitam regularmente se sentem mal por média de 35 dias ao ano, enquanto as inativas se atingem cerca de 53 dias. Todos os tipos de exercícios dados como opção no estudo foram associados a uma menor carga de saúde mental.

Ainda de acordo com a pesquisa, três a cinco sessões semanais de exercícios físico, cada uma com duração entre 30 e 60 minutos, são o suficiente para você ter uma saúde mental (e, consequentemente física) mais equilibrada e melhor.

E aí, já sentiu na pele o efeito comprovado pelo estudo norte-americano? Se tem algo que a gente pode dizer é: melhor correr pela saúde mental do que atrás de dinheiro!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *